rio-de-janeiro

Noticias

Manifestação interdita a Avenida das Américas e circulação do BRT é interrompida

RIO - Totalmente fechada a Avenida das Américas, na altura da estação do BRT Salvador Allende, na Zona Oeste, por conta de uma manifestação que ocupa a via, nos dois sentidos, na manhã desta terça-feira. De acordo com as primeiras informações, o grupo protesta pela falta de ônibus na região.

Com o protesto, a circulação dos ônibus do BRT, também foi interrompida, segundo a assessoria do BRT.


Globo Online | 02-Set-2014 12:11

Manifestação bloqueia Avenida das Américas, Zona Oeste do Rio
Manifestantes estavam na altura da estação do BRT Salvador Allende. Opção para os motoristas é seguir pela Avenida Lúcio Costa.
G1.com.br | 02-Set-2014 12:10

Rio - 7h: Avenida Brasil tem dois acidentes na altura de Irajá
Dois ônibus bateram no sentido Centro. Caminhão e moto colidiram em direção a Zona Oeste.
G1.com.br | 02-Set-2014 12:05

Veja a agenda dos candidatos ao governo do RJ nesta terça (2)
Sete candidatos disputam a eleição para governador do estado. Acompanhe a agenda dos candidatos ao longo do dia no G1.
G1.com.br | 02-Set-2014 11:56

Candidatos relatam vazamentos de fotos em concurso da PM no RJ

Eles reclamam da organização e de conteúdos não mencionados no edital. PM diz que responsabilidade é de empresa contratada, que pode ser multada.
G1.com.br | 02-Set-2014 11:32

Polícia procura PM acusado de matar o próprio pai na Baixada Fluminense
Soldado Marco Aurélio da Silva Henrique é considerado foragido. Mandado de prisão foi expedido pelo Tribunal do Júri de Magé.
G1.com.br | 02-Set-2014 11:30

Estado dá novo prazo para retorno das escavações do metrô em Ipanema
Vista aérea do trecho que passa por obras de reforço do solo, em Ipanema: novas promessas - Antonio Scorza / Agência O Globo

RIO — A aposentada Maria Helena Prazeres, de 73 anos, acordou sobressaltada na madrugada do Dia das Mães passado. Desde então, nunca mais voltou a dormir tranquilamente. Um estrondo anunciava o início de um tormento que, decorridos 116 dias, ainda acompanha o seu cotidiano. Moradora do edifício 137 da Rua Barão da Torre, ela repete o discurso que ecoa na boca de comerciantes e vizinhos: ninguém tem a mínima noção do que está, de fato, acontecendo no subsolo de Ipanema. Quase quatro meses após a abertura de duas crateras que deixaram moradores assustados, o bate-estacas das obras de reforço estrutural do solo continua frenético, mas o tatuzão — equipamento responsável por escavar o túnel da Linha 4, que ligará a Zona Sul à Barra — não quer saber de andar.

Segundo o secretário estadual da Casa Civil, Leonardo Espíndola, o novo prazo previsto para a retomada das escavações em Ipanema é o fim de setembro. Ele afirmou que o tatuzão só voltará a operar com “extrema segurança”, mas garantiu que o cronograma de entrega da Linha 4 não foi alterado:

— À exceção da escavação nesse trecho, o resto da obra segue o ritmo normal. Vamos cumprir o nosso compromisso com o Comitê Olímpico Internacional (COI). A Linha 4 estará operando antes das Olimpíadas. A suspensão do trabalho do tatuzão não provoca comprometimento no cronograma. Agora, não abrimos mão de retomar a escavação na Zona Sul com extrema segurança, restabelecendo a rigidez inicial do solo. São feitas medições diárias.

MEDO DOS MORADORES E PREJUÍZO DO COMÉRCIO

O Consórcio Linha 4 Sul, responsável pelas obras do metrô entre Ipanema e a Gávea, confirmou que a previsão é retomar as escavações no fim deste mês, mas acrescentou que isso só acontecerá “após a conclusão do trabalho de recompressão do subsolo na Rua Barão da Torre”. E que o prazo pode ser alterado (antecipado ou postergado) conforme a análise diária da execução. Na Zona Sul, foram escavados até agora 400 dos 4.700 metros de túnel. Desse total, 25 são em terreno com subsolo de rocha e areia.

O atraso que virou rotina — o governo do estado havia prometido que o tatuzão seria religado em fins de agosto — fomenta medos, irritação e prejuízos. Ao fitar o enorme canteiro de obras da varanda de seu apartamento, Maria Helena Prazeres reclama da falta de transparência do consórcio responsável pelas obras:

— É o caos. Agora as máquinas voltaram com tudo. Não dão nenhuma previsão para a gente, nada.

Comerciantes da esquina da Barão da Torre com Farme de Amoedo contabilizam prejuízos e já lançam mão de medidas de austeridade para fechar os meses com balanço positivo. Foi o caso do administrador Carlos Alberto Goulart, de 61 anos. Gerente do bar Manoel & Juaquim há mais de uma década, ele diz que já refletiu sobre a possibilidade de fechar as portas:

— O barulho é intenso. As pessoas vêm para um bar para conversar, desfrutar. Quem quer ouvir bate-estacas? Sabemos que as obras trarão progresso à cidade, mas estamos apanhando muito. Estamos reduzindo custos para continuar funcionando. Tive que liberar funcionários.

Em frente ao bar, o restaurante de comida japonesa Yosuki Sushi House tenta resistir ao baque. Nos fins de semana, as filas de clientes deram lugar a cadeiras vazias.

— Volta e meia, somos surpreendidos com um jato de lama na janela — lamenta o gerente Erisvelton Braga.

Vice-presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea-RJ), o engenheiro civil Manoel Lapa, especialista em estruturas, disse que o serviço de jet grouting (injeção de calda de cimento com aditivos), para reforçar o solo, que está sendo feito em Ipanema, é demorado.

— Para ficar direito, demora. Tem que fazer, testar, fazer de novo. Ao se testar e verificar que ainda não foi alcançado um grau de segurança, pode ser preciso injetar o material em mais lugares e reforçar trechos mais adiante — diz Lapa.

Veja Também

DESCONTENTAMENTO CHEGA AO JOCKEY

O descontentamento com o rumo das obras da Linha 4 chegou nesta segunda-feira ao Jockey Club e aos moradores da região. O consórcio Linha 4 Barra começou a instalar tapumes numa área de calçada e canteiros da Avenida Borges de Medeiros, na Lagoa, com cerca de 800 metros de comprimento, junto ao muro do hipódromo, que será utilizada até 2 de agosto de 2016 como local de estacionamento de caminhões.

— Serão destruídos 4.048 metros quadrados de canteiros — reagiu o superintendente do Jockey, Antonio Fleury.

Presidente da Associação de Moradores do Jardim Botânico, Heitor Wegmann Júnior também protestou:

— Os pedestres, agora, têm que passar pelo meio da rua.

O secretário Leonardo Espíndola disse que irá ao local ver o que está acontecendo na calçada, para tentar reduzir os impactos da obra.


Globo Online | 02-Set-2014 10:00

Trem do Corcovado: edital será publicado hoje, com atraso de 2 meses
Trens atuais, que operam no limite da capacidade, serão substituídos por outros que levarão 6.710 passageiros por dia, um aumento de 76,8% em relação ao volume atual - Márcia Foletto / Agência O Globo

RIO — Com atraso de dois meses, o novo edital de concessão do trenzinho do Corcovado será, enfim, publicado no Diário Oficial da União desta terça-feira. O documento, base da nova licitação do sistema, prevista para ocorrer em 20 de outubro, estabelece que o novo concessionário deve investir cerca de R$ 80 milhões em obras nas estações e na modernização dos equipamentos até 2018. O operador também será obrigado a contratar, no mínimo, 30% dos funcionários nas comunidades do entorno e a criar programas de capacitação de mão de obra para atuação no turismo.

Os últimos meses foram marcados por uma queda de braço entre os conservacionistas, que defendem a geração de emprego e renda no Parque Nacional da Tijuca — por onde passa a Estrada de Ferro do Corcovado —, e os chamados preservacionistas, que acreditam que a visitação causa impactos nocivos ao meio ambiente e, portanto, não deve ser estimulada. Aparadas as arestas, o edital foi finalizado. Esta será a primeira licitação do trenzinho, cuja operação cabe à empresa Estrada de Ferro Corcovado (Esfeco) Administração Ltda desde 1984.

— Muitas empresas nos sondaram, participaram das audiências. Mas ainda não sabemos quantas efetivamente vão participar da concorrência. Vamos aguardar. A licitação abre espaço para investimentos inéditos — afirmou o chefe do Parque Nacional da Tijuca, Ernesto Viveiros de Castro, acrescentando que não está previsto aumento de tarifa (hoje R$ 50, incluindo a viagem no trem e o acesso ao parque).

A licitação, em 20 de outubro, está marcada para as 10h, no Auditório da Coordenação Regional do ICMBio, na Estrada Velha da Tijuca 77, Usina.

LEIA MAIS: Edital de concessão prevê modernização de trens e estações do Corcovado


Globo Online | 02-Set-2014 10:00

Custos de limpeza da Câmara quase quadruplicaram nos últimos 14 anos
Casa (amarela), em Angra: um dos endereços da Gaviões da Cidade, que recebeu R$ 10 milhões da Câmara - Ruben Berta / O Globo

RIO — Um levantamento feito pelo gabinete da vereadora Teresa Bergher (PSDB) mostra que o serviço de limpeza e conservação da Câmara do Rio — que foi para a berlinda após as denúncias de que a última empresa responsável teria tido uma “laranja” entre as sócias — só fez encarecer nos últimos tempos. A pesquisa, feita com base em publicações de diários oficiais, revela que, em setembro de 2000, o contrato assinado pela Casa tinha um custo mensal — já corrigido para os dias de hoje com o IPCA-E — de R$ 198 mil. Já o último contrato assinado pelo Legislativo carioca, que vigora até o dia 5 com a empresa Space 2000, previa o repasse de R$ 750 mil por mês. Ou seja, o valor atual quase quadruplicou em relação ao que se pagava 14 anos atrás.

Veja Também

CONVENÇÕES COLETIVAS

Em nota, a Câmara do Rio deu três justificativas para a disparada nos custos. A principal delas foi o aumento da remuneração dos prestadores de serviço que, segundo a Casa, foi de “aproximadamente 350%, conforme convenções coletivas, bem acima do IPCA-E acumulado no período”. O Legislativo também alegou crescimento da quantidade de funcionários necessária para a limpeza e a conservação “em decorrência da ampliação da área ocupada por conta do acréscimo do número de vereadores, bem como da criação de comissões permanentes e de unidades administrativas”. A última justificativa foi “o aumento da quantidade de materiais e equipamentos, que incidem diretamente no custo da contratação”.

Se no presente, os gastos são altos, o passado do serviço de limpeza e conservação da Câmara também não era dos melhores. Entre setembro de 2000 e setembro de 2007, a responsável foi a Rufollo. O primeiro contrato foi de custo mensal médio de R$ 198 mil, mas, ao longo dos sete anos em que a empresa permaneceu, o repasse médio ficou em R$ 270 mil, já em valores atualizados. Em seguida, ela foi substituída pela Locanty, que ficou até março de 2012, com custo médio mensal de R$ 607 mil. A companhia teve seu contrato suspenso após o “Fantástico”, da TV Globo, revelar um esquema de fraude em licitações envolvendo seus representantes. Curiosamente, a mesma reportagem também denunciou que a Rufollo estava envolvida.

Com a saída da Locanty, a Câmara contratou em abril de 2012, sem licitação, a empresa Angel’s. O custo médio mensal pulou para R$ 741 mil. Depois, veio a Gaviões da Cidade, com mais um contrato sem licitação, por seis meses. Em seguida, a empresa ganhou uma concorrência para permanecer por mais um ano, até pedir a rescisão antes do fim do último contrato, em maio passado.

Ao todo, a Gaviões recebeu cerca de R$ 10,5 milhões da Câmara. Mas, apesar dos altos valores, a empresa, baseada em Angra dos Reis, parece bastante humilde. A sede, que consta na página da Receita Federal, é uma sala onde a empresa não está mais, ocupada agora por um arquiteto.

Até a casa do dono da empresa, conhecido como Wellington da Gaviões, na comunidade do Morro do Carmo, em Angra, já foi usada como endereço numa licitação da prefeitura local. Wellington, que foi candidato sem sucesso a vereador por seu município em 2008 pelo PSDC, não deu detalhes sobre os motivos para a rescisão do contrato com a Câmara do Rio. A empresa agora está numa outra sala também no centro de Angra.

— Estamos recomeçando. Temos que sobreviver. Temos contrato com a Câmara de Angra e estamos indo para Minas Gerais também. Não quisemos mais ficar no Rio — afirmou Wellington.

O dono da Gaviões admitiu uma prática comum no Legislativo carioca: os funcionários usados na limpeza são, em sua grande maioria, apenas transferidos de uma empresa para a outra. Assim que a Gaviões saiu, no fim de maio, entrou, sem licitação, a Space 2000, com o valor mensal mais alto registrado desde o início da década passada: R$ 750 mil.

A Câmara justificou o aumento por custos com reajuste salarial e de vales para transporte e alimentação, além de compra de uniformes. Após as denúncias sobre a suposta “laranja”, a Space 2000 foi retirada e uma nova empresa será contratada sem licitação até o dia 5.


Globo Online | 02-Set-2014 10:00

Polícia apura supostos abusos sexuais em escola para deficientes auditivos da Gávea

RIO — A Polícia Civil abriu um inquérito para apurar denúncias de que um professor do Instituto Nossa Senhora de Lourdes (Inosel), na Gávea, terias abusado sexualmente de estudantes. A acusação foi feita por pais de alunos da escola, considerada uma referência no ensino para deficientes auditivos no Rio. De acordo com o delegado Alberto Lage, titular da 15ª DP (Gávea), mais de 10 pessoas estiveram nesta segunda-feira na delegacia para registrar queixas contra o suspeito, cuja identidade não foi revelada. Ele já foi ouvido por investigadores.

— Todas as pessoas envolvidas no caso vêm sendo ouvidas. Abrimos um inquérito para apurar o que aconteceu na escola — afirmou Lage.

A mãe de uma aluna de 10 anos, que pediu para não ter o nome divulgado, contou que, na última quinta-feira, sua filha chegou em casa muito nervosa e relatou ter sido abusada pelo professor.

— Minha filha está assustada — afirmou a mãe da aluna, que paga mensalidade de R$ 320 porque tem bolsa de 65%.

A aluna que fez o relato está no 3º ano do ensino fundamental. Ainda de acordo com a mãe da menina, o professor disse à estudante que estava dando uma aula de sexologia.

— Minha filha não tem idade para isso. É um absurdo — reclamou a mãe da aluna.

Fundado há 55 anos, o Inosel, que dá aulas da educação básica ao 9º ano do fundamental, não comentou o caso. Em nota, a Polícia Civil explicou que todas as informações sobre o inquérito serão mantidas sob sigilo para não atrapalhar as investigações.


Globo Online | 02-Set-2014 05:50

PM é baleado durante troca de tiros no Conjunto de Favelas do Alemão, Rio
Policial foi ferido de raspão no pé durante confronto na Fazendinha. Região registrou média de 2,5 tiroteios por semana entre julho e agosto.
G1.com.br | 02-Set-2014 04:17

TRE-RJ libera a candidatura de três candidatos a deputado
Concorrentes haviam apresentado documentação incompleta. Justiça eleitoral analisou os recursos e liberou as candidaturas dos três.
G1.com.br | 02-Set-2014 02:13

Calçada do Jockey vai virar estacionamento de caminhões das obras da Linha 4 do metrô

RIO — O descontentamento com o rumo das obras da Linha 4 do metrô (Barra-Ipanema) alcançou nesta segunda-feira o Jockey Club e os moradores do Jardim Botânico. O consórcio Linha 4 Barra começou a instalar tapumes numa área de calçada e canteiros da Avenida Borges de Medeiros, na Lagoa, com cerca de 800 metros de comprimento, junto ao muro do hipódromo. O local será utilizado até 2 de agosto de 2016, como local de estacionamento e estocagem de caminhões.

— Semanalmente, tenho discussões com a Comlurb. Preciso manter a calçada do Jockey sem folhas, completamente limpa. Caso contrário, sou multado. Agora, serão destruídos 4.048 metros quadrados de canteiro. Em documento, afirmam que a calçada será utilizada por caminhões da Linha 4 por um prazo de 700 dias. Mas não me informam se vão e quando vão refazer a calçada e o canteiro — reagiu o superintendente do Jockey, Antonio Fleury.

Presidente da Associação de Moradores do Jardim Botânico, Heitor Wegmann Júnior, também protestou.

— Com os tapumes, os pedestres passaram a ter que caminhar pelo meio da rua — disse Heitor, que fez fotos e vídeo, mostrando pessoas que têm de usar a pista de rolamento da Borges de Medeiros por falta de calçada para caminhar.

Tapumes começaram a cercar calçada na lateral do Jockey - Heitor Wegmann Júnior / Divulgação

Fleury foi informado por carta, na sexta-feira passada, que a calçada lateral do clube seria usada como estacionamento de caminhões. Em papel timbrado do governo do estado, o documento é assinado pelo gerente do Departamento de Montagens e Obras Oeste, Eduardo Peixoto de Aguiar. Nele, consta licença concedida pela Secretaria municipal de Conservação e pela CET-Rio.

O secretário estadual da Casa Civil, Leonardo Espíndola, prometeu que irá pessoalmente ver o que está acontecendo na calçada lateral do Jockey, a fim de tentar minimizar os impactos do uso do local como estacionamento de caminhões.


Globo Online | 02-Set-2014 02:11

Problema mecânico causa atraso na linha 1 do Metrô no Rio
Passageiros tiveram que esperar até 20 minutos para sair da composição. Problema aconteceu próximo à estação São Francisco Xavier
G1.com.br | 02-Set-2014 01:58

Rio - 20h40: Obra ocupa faixa da Estrada dos Três Rios, na Zona Oeste
Serviço era realizado na altura da Estrada do Bananal. Motoristas enfrentavam lentidão no sentido Taquara.
G1.com.br | 02-Set-2014 01:40

Rio - 20h25: Caminhão enguiçado bloqueia faixa da Av. Ayrton Senna
Incidente ocorreu na altura do Via Parque Shopping. Motoristas enfrentavam lentidão no sentido Linha Amarela.
G1.com.br | 02-Set-2014 01:26

Acidente com carro e moto deixa ferido no Subúrbio do Rio

A colisão aconteceu na Rua Lins de Vasconcelos com a Rua 20 de Março. Uma equipe do quartel do Méier se deslocou para o acidente.
G1.com.br | 02-Set-2014 00:37

Lei que proíbe consumação mínima no Rio é julgada inconstitucional
Decisão do Órgão Especial do TJ-RJ foi unânime. De acordo com desembargador, casos não são de competência municipal.
G1.com.br | 02-Set-2014 00:36

Campanha convoca cariocas a ter mais cuidados com o coração
Iniciativa da Setembro Vermelho fará atos durante todo o mês. Doenças do coração matam cerca de 33% dos brasileiros, diz pesquisa.
G1.com.br | 02-Set-2014 00:25

Polonês preso suspeito de tráfico é levado para presídio de Bangu, no Rio

Jan Josez Galas era procurado pela Interpol por tráfico de armamentos. Ele foi preso em comunidade de São Gonçalo com jovem de 18 anos.
G1.com.br | 02-Set-2014 00:15

Rio - 19h: Colisão interdita faixa da Ponte Santos Dumont, na Zona Oeste
Três carros bateram no sentido Linha Amarela. Motoristas enfrentavam lentidão na Avenida Ayrton Senna.
G1.com.br | 02-Set-2014 00:07

Rio - 19h: Acidente ocupa faixa da Avenida Brasil, em Irajá
Acidente com carro ocorreu na altura de Irajá. Motoristas enfrentavam lentidão no sentido Centro.
G1.com.br | 02-Set-2014 00:04

Garotinho promete restaurante popular e escola técnica para Tanguá
Candidato fez caminhada no município na tarde desta segunda. Ele também voltou a prometer desconto de 50% no IPVA para todos.
G1.com.br | 01-Set-2014 23:55

Carro explode e leva pânico a moradores de condomínio no Leblon

RIO - Moradores de um condomínio na Rua General Saint Martin, no Leblon, viveram momentos de pânico na tarde desta quinta-feira, quando um carro explodiu na garagem do prédio. O incidente ocorreu por volta das 17h, e houve correria de moradores e pessoas que passavam pelo local no momento. Homens dos quartéis da Gávea e de Copacabana foram destacados para combater as chamas, porém ainda não há informações de feridos e sobre os motivos do acidente. Por medida de segurança, a entrada no condomínio foi proibida.

Um funcionário de uma lanchonete próxima ao local da explosão contou que ouviu um estrondo forte e em seguida a rua ficou tomada pela fumaça e por moradores que saíram do prédio.

— Foi tudo muito rápido. Ouvimos um barulho muito alto e as pessoas correram para a rua, foi uma confusão enorme. Ajudamos as pessoas, porque todos ficaram muito assustados. Até agora estamos sem entender o que houve — contou o balconista.

De acordo com o Centro de Operações da Prefeitura, o trecho onde o a explosão ocorreu, na altura da Rua Venâncio Flores, foi interrompido para o tráfego, e o desvio do trânsito é realizado pela Avenida Bartolomeu Mitre. Há pontos de retenção no local.


Globo Online | 01-Set-2014 23:25

Polícia investiga suspeita de abuso sexual em escola na Zona Sul do Rio
Pais de jovens foram à delegacia nesta segunda para registrar ocorrência. Abusos teriam ocorrido durante a última semana, diz delegado.
G1.com.br | 01-Set-2014 23:12

Laudo do ICCE confirma que policiais militares tentaram fraudar investigações do caso Amarildo
Amarildo teria sido torturado e morto atrás dos contêineres da UPP da Rocinha em 14 de julho de 2013 - Thiago Lontra / Agência O Globo

RIO - Laudo de exame de voz do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE) confirmou a participação de policiais militares em fraude processual durante as investigações sobre a tortura e morte do pedreiro Amarildo de Souza. O crime aconteceu em 14 de julho do ano passado, na Favela da Rocinha. O exame foi determinado pela 35ª Vara Criminal do Rio, onde tramita processo contra 25 militares acusados pelo crime, entre eles, o ex-comandante da unidade major Edson Raimundo dos Santos. O resultado confirma parecer técnico realizado pela Coordenadoria de Segurança e Inteligência (CSI) do MP-RJ, que identificava como sendo de um dos denunciados, o soldado Marlon Campos Reis, a voz do homem que ligou para outro policial fingindo ser o traficante Thiago da Silva Neris, conhecido como Catatau (na intenção de atribuir ao tráfico de drogas a responsabilidade pelo “sumiço” de Amarildo). Na ligação, Marlon faz supostas ameaças e diz que já “botou o Boi (apelido de Amarildo) na sua conta”. O objetivo da fraude era criar uma falsa prova acusar um traficante da Rocinha pelo crime.

De acordo com as investigações da Divisão de Homicídios (DH), Marlon sabia que sua ligação estava sendo monitorada, por ordem judicial, porque efetuou ligação para um celular de outro policial que sabia estar grampeado na chamada Operação Paz Armada, que tinha o objetivo de combater o tráfico de drogas na comunidade. Mas a versão inicial de que a voz seria do traficante foi logo descartada por um laudo da Polícia Civil.

A análise feita pela Divisão de Evidências Digitais e Tecnologia (DEDIT) da CSI, realizada em 2013, comparando a voz dos 34 PMs citados no processo, revelara que o soldado Marlon foi o autor da ligação, acompanhado do soldado Vital. Com o telefone monitorado, eles foram a Higienópolis fazer a ligação. A interceptação dos celulares particulares dos dois também identificou que eles estavam na mesma Estação de Rádio Base da ligação.

O novo laudo do ICCE — anexado ao processo na última sexta-feira — aponta importantes convergências com a análise anterior da DEDIT, como quando Marlon pronuncia a palavra “nove”, apontando total identificação na comparação de vozes. A perícia diz também que, na análise comparativa, “foram observadas nestas características vocais alguns elementos de convergência entre as amostras de voz do locutor questionado e a voz suspeita” e ainda que “a análise da fala questionada indicava a possibilidade de disfarce da voz do falante”.

Segundo o laudo do ICCE, “os exames periciais foram realizados através de comparações perceptuais fundamentais nas características linguísticas e sociolinguísticas, bem como de outros elementos informativos obtidos a partir dos áudios questionados e a relação destes com o réu. Foram avaliadas também as características acústicas dependentes do locutor obtidas da voz do suspeito e da voz questionada”.

O processo do caso Amarildo, que tramita na 35ª Vara Criminal, irá ingressar na fase de alegações finais. Em outubro de 2013, a Justiça recebera denúncia do MP-RJ contra 25 policiais por tortura (oito deles na modalidade omissiva), 17 por ocultação de cadáver, 13 por formação de quadrilha e quatro por fraude processual. Treze dos 25 policiais militares que respondem criminalmente pela tortura seguida de morte de Amarildo estão presos há quase um ano, aguardando julgamento.

O ajudante de pedreiro Amarildo de Souza: 25 PMs respondem criminalmente pela tortura e morte dele - Arquivo pessoal

Globo Online | 01-Set-2014 22:42

Rio - 17h35: Incêndio em carro fecha trecho da Avenida General San Martin
Incidente ocorreu na altura da Rua General Venâncio Flores. Motoristas realizavam o desvio do tráfego pela Avenida Bartolomeu Mitre.
G1.com.br | 01-Set-2014 22:38

PM fingiu ser traficante responsável por morte de Amarildo, diz laudo

Laudo de voz do Instituto de Criminalística Carlos Éboli confirmou inquérito. Marlon Campos Reis e outro soldado tentaram incriminar traficantes.
G1.com.br | 01-Set-2014 22:33

Mãe nega versão de suspeita de sequestro no Rio: 'ela está mentindo'

Mãe afirma que não entregou o filho de apenas 17 dias à sequestradora. 'Ela está nas mãos de Deus. Agora, a justiça vai ser feita', disse ela.
G1.com.br | 01-Set-2014 22:18

Carro pega fogo dentro de garagem de prédio no Leblon, Rio

Quartel da Gávea foi acionado para combater as chamas. Bombeiros resgataram moradores devido à forte fumaça.
G1.com.br | 01-Set-2014 22:09

Polonês é 114º estrangeiro preso no RJ; 62% deles são acusados de tráfico

Angola, Colômbia e Peru encabeçam lista com 11 detentos cada. Listas mostram nacionalidade e crimes dos estrangeiros presos; confira.
G1.com.br | 01-Set-2014 22:06

Candidatos ao Senado pelo Rio falam de economia e meio ambiente

Carlos Lupi, Cesar Maia, Eduardo Serra e Romário são os entrevistados. Série do G1 vai abordar temas como educação e transporte.
G1.com.br | 01-Set-2014 21:49

Exército vai apurar prisão de um de seus soldados por PMs de UPP

Wendel Freitas, de 18 anos, foi levado para a delegacia algemado por PMs. Vídeo na internet mostra a ação da polícia na abordagem.
G1.com.br | 01-Set-2014 21:38

Rio - 16h20: Obra bloqueia faixa da Avenida Ministro Edgard Romero
Serviço era realizado na altura da Rua Pereira da Costa. Motoristas enfrentavam retenções no sentido Cascadura.
G1.com.br | 01-Set-2014 21:19

Igreja em São Gonçalo, RJ, é furtada pela segunda vez em três dias
'Queremos manifestar nossa indignação', disseram padres, em nota. Polícia vai ouvir testemunhas e perícia será realizada.
G1.com.br | 01-Set-2014 21:11

Rio - 15h50: Acidente interdita faixa da Estrada Rio-São Paulo
Carro e ônibus bateram na altura da Rua Carmelita de Jesus. Motoristas enfrentavam retenções no sentido Avenida Brasil.
G1.com.br | 01-Set-2014 20:59

Lindberg diz que fará denúncia contra campanha de telemarketing

Segundo candidato, central fez milhões de ligações contra campanha. Ele afirma que telefonemas com informações falsas continuam.
G1.com.br | 01-Set-2014 20:28

Polícia apreende mais de mil sacolés de cocaína no Subúrbio do Rio
Operação ocorreu na comunidade Para Pedro na manhã desta segunda. Anotações com contabilidade do tráfico também foram encontradas no local.
G1.com.br | 01-Set-2014 20:22

Camila Pitanga canta com Marcos Valle em 'berço' da bossa nova no Rio

Show é em setembro no Beco das Garrafas, revitalizado em Copacabana. Série também tem Nouvelle Vague e João Donato com Emanuelle Araújo.
G1.com.br | 01-Set-2014 19:55

Acidente entre ônibus e van deixa 20 feridos na Zona Oeste do Rio
Bombeiros deslocaram equipes do quartel de Realengo e Campo Grande. Dezenove vítimas foram levadas para hospital e um recusou atendimento.
G1.com.br | 01-Set-2014 19:36

Crivella parabeniza TRE por suspensão de telemarketing

Candidato do PRB diz que notícias falsas sobre ele estão sendo divulgadas. Crivella ainda prometeu rever valores de ingressos do Maracanã.
G1.com.br | 01-Set-2014 19:28

Veículos de transporte escolar irregular agem livremente em Icaraí

NITERÓI - A contratação de serviço de transporte escolar, legalizado e que siga as regras do Código de Trânsito Brasileiro, pode ser uma mão na roda de pais sem tempo para levar os filhos pequenos ao colégio, numa cidade com trânsito cada vez mais congestionado. O problema é que muitas das empresas que oferecem o serviço não estão regulamentadas. Em frente ao colégio Abel, um dos mais tradicionais da cidade, os veículos piratas, que ignoram qualquer regra, podem ser vistos com facilidade. O GLOBO-Niterói esteve por dois dias na instituição e flagrou vários casos.

O repórter, sem se identificar, abordou dois automóveis que desembarcavam crianças, ambos do modelo Kangoo, da Renault, com capacidade para sete passageiros. Um deles, de cor prata e com uma multa registrada (transitar em faixa esclusiva de ônibus), cobrou R$ 150 por mês para realizar o trajeto colégio-casa. Já o segundo, de cor verde e com seis multas, acumuladas em R$ 1.125 (uma por trafegar no acostamento e duas por excesso de velocidade), ofereceu o serviço completo, ida e volta, por R$ 240 mensais.

— Quem contrata serviços irregulares vai se confrontar com a falta de preparo do motorista. Digo isso porque os regulamentados fazem cursos específicos e recebem habilitação para transportar crianças. Ao contratar um transporte escolar correto, tem-se a garantia de que são veículos com segurança especial, com a identificação no carro. A faixa amarela e a palavra “escolar” chamam a atenção e informam que o automóvel está transportando crianças — afirma Luiz Guarçoni, presidente do sindicato.

Carro sem identificação de transporte escolar trabalha livremente no Colégio Abel - Hudson Pontes / Agência O Globo

ESCOLAS NADA PODEM FAZER

Entre os itens obrigatórios está o tacógrafo, um dispositivo que monitora a distância e a velocidade atingidas pelo veículo. O presidente do Sinterj acredita também que a multiplicação do transporte escolar irregular tem relação direta com a falta de recomendação das escolas. A maioria não alerta aos pais a respeito da importância do serviço autorizado na hora da escolha.

— Infelizmente o colégio não tem a obrigação de fiscalizar, mas a omissão ajuda a proliferar esse tipo de transporte. A recomendação é que os pais procurem um serviço com auxílio da direção — diz Guarçoni.

A direção do colégio Abel lembra que a instituição não tem relação direta com a prestação do serviço, mas garante que sempre coloca o seguinte aviso em suas circulares: “A escola não oferece transporte, mas, mesmo sem registro de problemas relacionados a este assunto, recomenda aos familiares muita atenção ao contratar este serviço. É importante buscar referências, priorizar veículos em excelente estado de conservação e conferir requisitos de segurança exigidos pelas autoridades públicas de transporte, como lotação permitida, comprovante das vistorias e autorização para prestação de serviços de transporte escolar expedida pela prefeitura de Niterói”.

Segundo a mãe e psicóloga Maria Cláudia Lobato, que tem dois filhos matriculados no Abel, a segurança das crianças está acima de tudo.

— É necessário saber também quem está ao volante. No meu carro eu sei que o cinto de segurança está sendo usado. Na realidade eu não gosto nem que os meus filhos usem transporte, mesmo sendo regular. Irregular, então, é impensável — comenta Maria Cláudia, que leva e busca os filhos por conta própria.

NITTRANS GARANTE QUE HÁ FISCALIZAÇÃO

A NitTrans informou que a fiscalização nas ruas é feita regularmente e que os carros clandestinos, quando flagrados, são autuados e recolhidos ao depósito municipal. As famílias que desejarem obter informações sobre veículos de transporte escolar podem entrar em contato com a prefeitura pelo telefone 2717-3155.

Atualmente Niterói tem 380 veículos cadastrados para fazer o transporte escolar. Para aqueles que desejam conseguir o licenciamento para o serviço, a NitTrans recomenda que os interessados procurem a Subsecretaria de Transporte e Trânsito de Niterói. (Colaborou Gustavo Schmitt)


Globo Online | 01-Set-2014 19:00

Rio - 13h50: Colisão ocupa faixa da Avenida Brasil, na Penha
Carro e ônibus bateram na pista central. Motoristas enfrentavam lentidão no sentido Centro.
G1.com.br | 01-Set-2014 18:53

Rio - 13h50: Acidente bloqueia faixa da Av. Ayrton Senna, na Gardênia Azul
Acidente ocorreu na altura da Avenida Tenente Coronel Muniz de Aragão. Motoristas enfrentavam retenções no sentido Estrada do Gabinal.
G1.com.br | 01-Set-2014 18:49

Rio - 13h35: Obra interdita faixa da Avenida Geremário Dantas

Serviço era realizado na altura da Estrada do Capenha. Motoristas enfrentavam lentidão no sentido Tanque.
G1.com.br | 01-Set-2014 18:36

Rio - 13h30: Colisão ocupa faixa da Rua André Rocha, na Taquara
Acidente ocorreu na altura da Avenida Nelson Cardoso. Motoristas enfrentavam retenções na via, que tem sentido único.
G1.com.br | 01-Set-2014 18:29