rio-de-janeiro

Noticias

Homem é preso por suspeita de matar enteada de 17 anos no RJ
Segundo a polícia, crime em Caxias foi motivado por briga entre os dois. Jovem foi assassinada com duas facadas no coração.
G1.com.br | 20-Ago-2014 12:09

Amigos rendidos por criminosos em Niterói relatam momentos de pânico
'Eles ficaram apontando a arma o tempo inteiro', contou uma vítima. Três criminosos foram baleados durante perseguição policial.
G1.com.br | 20-Ago-2014 11:53

Veja a agenda dos candidatos ao governo do RJ nesta quarta (20)
Sete candidatos disputam a eleição para governador do estado. Acompanhe a agenda dos candidatos ao longo do dia no G1.
G1.com.br | 20-Ago-2014 11:33

Botafogo ganha o primeiro sistema de self storage da Zona Sul

Diga adeus àquele amontoado de livros esquecido no quartinho ou aquele armário que virou um grande elefante branco na sua sala. Eles, agora, têm um novo destino: um dos boxes da Guarde Perto Self Storage, empresa que abriu as portas há um ano, em Botafogo. O espaço, criado por quatro amigos, possui pouco mais de 1.500 metros quadrados, com boxes de diversos tamanhos, que podem ser alugados pelo prazo mínimo de um mês. De tamanhos variados — o menor possui um metro quadrado e o maior, 6 metros e meio —, os boxes comportam desde pequenos volumes, como livros e documentos, a móveis de tamanhos variados.

— O conceito de self storage é muito comum lá fora. Aqui no Rio os cariocas têm que atravessar a cidade para guardar seus equipamentos em galpões, muito utilizados por indústrias que necessitam de mais espaço. Por isso escolhemos Botafogo, bairro mais central da Zona Sul. Queremos resolver a falta de espaço sem fazer o cliente perder tempo no trânsito — explica Rodolfo Delgado, sócio da empresa ao lado dos amigos Bernardo Menescal, André de Paula e Ricardo Machado.

Ele avisa, no entanto, que não é qualquer coisa que pode ser armazenada:

— Líquidos inflamáveis, alimentos perecíveis e não perecíveis, obras de arte, joias e armas são proibidos — alerta.

Com planos mensais, semestrais e anuais, o investimento varia de R$ 149,90 a R$ 881.


Globo Online | 20-Ago-2014 11:00

SEOP promete renovar alvará do quiosque da Praça Cazuza

O processo de revitalização de uma das áreas mais nobres da Zona Sul, a Praça Cazuza, deixou a administradora Bia Medeiros, uma das sócias do quiosque de flores L’Atelier en Herbe, preocupada. Sem permissão para funcionar desde 2010 devido à falta de renovação do alvará, o espaço esteve prestes a fechar as portas após receber inúmeras intimações. Uma ameaça que também deixou os moradores da região apreensivos. Além de pagar por segurança particular e cuidar da limpeza da área, Bia Medeiros e seus funcionários ainda arranjam tempo para evitar que moradores de rua se aproveitem do aparente abandono para tomar banho no chafariz da praça.

— É uma luta diária para manter o espaço em ordem. Mendigos deixam muita sujeira, e turistas transformam o chafariz em fonte dos desejos — explica a administradora, que recebeu até proposta para montar o seu ateliê dentro de uma garagem de uma casa no Jardim Pernambuco.

A Secretaria municipal de Ordem Pública afirmou que o processo está em fase de análise, mas que, em breve, o quiosque receberá a licença para funcionamento.


Globo Online | 20-Ago-2014 11:00

Paciente com tumor no estômago morre aguardando em fila para cirurgia no Inca
Maricélio e a filha Carolina: espera inútil - Reprodução da internet

RIO — Além do Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia Jamil Haddad (Into), outro federal de referência, o Instituto Nacional do Câncer passa por momentos de agonia. Há uma semana, o representante comercial Maricélio Alfradique, de 59 anos, esteve na unidade da Praça da Cruz Vermelha, no Centro, para remarcar uma cirurgia. Acompanhado pela filha, ele chegou à sala de espera em cadeira de rodas, sentindo muitas dores no abdômen, em consequência de um tumor no estômago. Em abril, a previsão era que ele fosse operado este mês. Durante a espera, Alfradique foi ao Inca três vezes para tentar antecipar o procedimento. De nada adiantou. No fim de julho, sua saúde piorou. Debilitado e com a imunidade baixa, por ter passado por quatro sessões de quimioterapia, ele contraiu pneumonia e a cirurgia não pôde ser marcada. Alfradique morreu na madrugada da última quarta-feira, após esperar por mais de cem dias pela cirurgia no Inca.

— A espera de mais de três meses pela cirurgia matou meu pai. A culpa não é dos médicos do Inca, mas do tempo de espera — afirma Carolina Alfradique, de 27 anos.

O caso de Alfradique (que repórteres do GLOBO acompanharam na semana passada) ilustra a atual situação do Inca, que enfrenta uma crise devido à falta de funcionários das áreas médica e administrativa. Segundo fonte ligada a um órgão de saúde federal do Rio, há cerca de 500 vagas aguardando preenchimento nas três unidades do Inca (Praça da Cruz Vermelha, Santo Cristo e Vila Isabel). O déficit tem impacto direto no atendimento. Na unidade do Centro, das dez salas de cirurgias, duas estão fechadas por falta de médicos. Em 2013, lá foram realizados cerca de 5 mil procedimentos. Caso pudesse contar com mais profissionais, o número chegaria a 6 mil. Outro problema é a falta de servidores nas salas de leitos pós-cirúrgicos. Com a escassez de funcionários, cinco vagas estão desativadas.

— O Inca faz o máximo. Os médicos cumprem 40 horas por semana e ganham salário muito abaixo da média. A taxa de ocupação está acima dos 80%, número alto para instituição pública. A crise é grave e compromete o hospital — diz a fonte.

TCU DETERMINOU FIM DA TERCEIRIZAÇÃO

Para tentar sanar a antiga falta de funcionários, em 1991 foi criada a Fundação Ary Fauzino para Pesquisas e Controle do Câncer (FAF), para agilizar a contratação, sem a necessidade de concurso público. Mas, em 2006, o Tribunal de Contas da União (TCU) determinou que o sistema fosse extinto. Na época, houve acordos que estenderam o prazo até março de 2015.

Potencial reduzido. Com o quadro de servidores completo, Inca do Centro poderia atender mais mil pessoas por ano - Gabriel de Paiva / Gabriel de Paiva

Em 2010, havia cerca de 1.900 trabalhadores terceirizados no Inca, indicados pela FAF. Para se adequar às normas do TCU, a instituição realizou um concurso e convocou 1.433 funcionários, que substituíram parte dos terceirizados. Atualmente, ainda há 583 profissionais não concursados, que cederão suas vagas aos aprovados em concurso previsto para este ano. Segundo um funcionário da instituição, que pediu para não ser identificado, a situação pode ficar pior ainda:

— Como a partir de março de 2015 o Inca não poderá contar com a FAF, o processo seletivo deste ano vai apenas substituir quem já está trabalhando. Ninguém tem a resposta de como ficarão as 500 vagas que estão abertas. No fim do ano serão cerca de 600. Com a morosidade do governo federal em abrir concursos para o Inca, a situação vai piorar. O instituto pode fechar as portas se algo não for feito.

DIRETOR-GERAL ESTÁ SENDO PROCESSO

Para o Presidente do Sindicato dos Médicos do Rio de Janeiro, Jorge Darze, a evasão de médicos é devida às condições de trabalho pouco atrativas:

— É difícil segurar um profissional no Inca, mesmo concursado. O salário para uma jornada de 40 horas mensais é muito baixo, se comparado ao de uma unidade particular. Muitos médicos concursados pedem demissão em menos de dois anos, porque não aguentam. Há outro fator: hoje, o Inca tem médicos que entraram pela FAF que recebem salário maior do que os concursados.

No mês passado, o Ministério Público Federal moveu ação de improbidade administrativa contra o diretor-geral do Inca, Luiz Antônio Santini Rodrigues da Silva, por contratação irregular de terceirizados. O MPF alega que, mesmo proibido, o Inca contratou 64 funcionários sem concurso. Também está sendo processada a coordenadora de Recursos Humanos, Cassilda dos Santos Soares.

— A direção tem permissão para manter terceirizados até o ano que vem, mas não pode contratar ninguém sob o mesmo regime. A ausência de concurso permite que um candidato assuma uma vaga sem méritos. Isso não é permitido — alega o defensor público Sergio Suiama, autor da ação do MPF.

De acordo com o defensor público federal, Daniel Macedo, outro problema grave é que o Inca não está cumprindo o prazo máximo de 60 dias para atender pacientes que precisam passar por sessões de radioterapia:

— Acima de 60 dias é um prazo muito longo para quem precisa do tratamento imediato. A situação no Inca está ruim, mas, nas outras unidades de saúde do Rio que oferecem radioterapia, é pior ainda. Ou o doente espera na fila do Inca ou a chance de morrer aumenta.

Procurado, o diretor-geral do Inca não quis dar entrevista, mas a assessoria afirmou que todos os setores funcionam normalmente. O Ministério da Saúde também não respondeu como pretende suprir as 500 vagas em aberto. A Associação de Funcionários do Instituto Nacional do Câncer também não retornou as ligações.

Enquanto isso, quem depende do atendimento do Inca tenta manter a esperança de cura. Tatiana Silva aguarda a marcação da cirurgia da irmã para retirar um tumor no estômago:

— A informação é que a fila está grande. Precisamos aguardar porque quando somos atendidos, os médicos são muito competentes e conseguem curar os doentes. Segundo o Inca, minha irmã será operada em até dois meses.


Globo Online | 20-Ago-2014 10:00

Estrada Grajaú-Jacarepaguá fecha por quase 5 horas devido a tiroteio
Policiais militares trocaram tiros com criminosos. Suspeitos incendiaram ônibus e fecharam estrada.
G1.com.br | 20-Ago-2014 08:57

Candidatos ao governo do RJ em 2014 fazem primeiro debate na TV
Garotinho, Pezão, Lindberg, Tarcísio Motta e Crivella participaram. Encontro foi organizado pela Rede Bandeirantes de Televisão.
G1.com.br | 20-Ago-2014 05:50

Cinco pessoas, entre elas dois pedestres, ficam feridas após troca de tiros em Niterói
Uma das viaturas da polícia foi alvo de disparos dos criminosos - Guilherme leporace / Agência O Globo

RIO — Cinco pessoas ficaram feridas durante uma troca de tiros entre bandidos e policiais militares em Icaraí, na Zona Sul de Niterói, na noite desta terça-feira. Segundo informações do 12º BPM (Niterói), um grupo de quatro homens armados circulava pela região em um Voyage preto, praticando uma série assaltos. PMs receberam uma denúncia sobre o bando e o localizaram no bairro do Gragoatá. Ali começou a perseguição, que seguiu pelo Ingá e só terminou na Estrada Leopoldo Fróes, no limite de Icaraí com São Francisco, durando aproximadamente sete quilômetros.

A ação dos criminosos, que são de São Gonçalo, município vizinho, teve início por volta das 20h30m, na Praça Leoni Ramos, mais conhecida como Cantareira, ponto de encontro de jovens e universitários. Circulando no Voyage em direção à orla, os bandidos assaltaram um grupo de aproximadamente 15 pessoas que participavam de um evento cultural em um bar, exigindo celulares e aparelhos eletrônicos.

— Pensamos que eles iam estacionar, mas foram mostrando as armas e ai percebemos que era um assalto. Eles estavam muito nervosos, não pediram dinheiro, pediram celulares e outros aparelhos, dizendo o tempo todo para manter as mãos para o alto e que se alguém tentasse alguma coisa iam "pipocar" - relatou uma das vítimas, que preferiu não se identificar.

As vítimas então conseguiram identificar a placa do veículo e avisaram a uma guarnição da PM. Quando os criminosos foram localizados pela polícia, abriram fogo para tentar fugir. A perseguição se estendeu pela Rua Fagundes Varela, seguindo pela Avenida Jornalista Alberto Torres, junto à Praia de Icaraí, levando pânico a moradores e pedestres que passavam pelo local no momento. Duas pessoas foram atingindas pelos disparos, na altura do Clube Central de Icaraí, entre as ruas Lopes Trovão e Otávio Carneiro.

Troca de tiros deixou moradores em pânico em Icaraí - Paulo Roberto Araújo / O Globo

A perseguição terminou depois dos bandidos tentarem furar o cerco montado pela polícia no fim da Estrada Fróes. Com pneus furados, eles se renderam. Leandro de Castro Oliveira, de 20 anos, Alan Ribeiro Félix, 22, e um adolescente de 16 anos, acabaram baleados e foram levados, sob custódia, para o Hospital estadual Azevedo Lima, no Fonseca, Zona Norte da cidade. Já Lucas Felipe Arruda de Oliveira, 20, não se feriu e foi levado para a 77ª DP (Icaraí).

Com os assaltantes, no interior do veículo, foram encontrados pelo menos trezes celulares, relógios, carteiras e outros pertences das vítimas. Eles estavam com duas pistolas. Cerca de 15 viaturas da polícia participaram da operação para prender os criminosos. Segundo agentes do 12º BPM, todos os baleados estão fora de perigo e lúcidos.


Globo Online | 20-Ago-2014 03:53

Menino órfão com dupla nacionalidade vai ficar no Brasil, decide Superior Tribunal de Justiça

BRASÍLIA — A 4ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu, nesta terça-feira, por unanimidade, que um menino órfão de 6 anos com dupla nacionalidade — brasileira e francesa —, cuja guarda é disputada por avós que vivem nos dois países, deve permanecer no Brasil, onde recebe tratamento médico. A data do julgamento foi noticiada por Ancelmo Gois em sua coluna no GLOBO. A posição do STJ foi contrária a uma decisão do Tribunal de Justiça do Rio tomada em agosto do ano passado e favorável a um recurso especial impetrado pela avó brasileira.

O menino nasceu na França — seu pai era francês — e, em 2011, veio passar um semestre no Rio: sua mãe, brasileira, daria aulas na Universidade Federal Fluminense (UFF). Em março daquele ano, um acidente na estrada que liga Teresópolis a Nova Friburgo causou a morte de seus pais. Com apenas 2 anos, o menino ficou em coma e passou por várias cirurgias. Até hoje, ele é submetido a um tratamento médico.

Segundo o advogado da avó brasileira, Gustavo Tepedino, o tratamento do menino, que recebe “doses cavalares de amor” de sua cliente, é bem avaliado por laudos médicos.

— A perda do vínculo familiar, no ambiente em que se encontra a criança, certamente abalaria sua estabilidade psicológica — disse Tepedino.

Mas Paulo Sérgio Fabião, advogado da avó francesa, rebate o argumento de Tepedino:

— O melhor seria o menino ir para sua terra natal. Teria uma família equilibrada, tranquila, um ambiente bom para morar e os maiores hospitais da Europa à sua disposição, sem qualquer custo. Não haveria interrupção alguma de seu tratamento, pelo contrário. Teria um atendimento de Primeiro Mundo.

Além de citar o acesso à saúde gratuita na Europa, Paulo Sérgio Fabião questionou a condição psicológica da família brasileira, bem como a competência da Justiça do país para analisar o caso.

JUSTIFICATIVA DOS MINISTROS

O interesse do menor foi a principal justificativa dos ministros que participaram do julgamento. O relator do caso, ministro Marco Buzzi, ressaltou que esse princípio faz parte do Estatuto da Criança e do Adolescente. Para ele, a decisão não significa uma incapacidade de cuidado por parte dos parentes ou do sistema de saúde da França: o ministro somente considerou “mais proveitoso” e menos drástico para o menino continuar no Brasil. Em sua decisão, o STJ determinou que os avós franceses devem ter amplo acesso à criança.

— Neste momento, no estágio de tratamento médico delicado e complexo em que se encontra, levando-se em conta o estado emocional e psicossocial e em razão da cautela, é importante proteger a criança de mudanças drásticas em sua rotina, sob pena de retroceder ou minorar os efeitos — disse o relator, que considera a estratégia de recuperação “muito exitosamente cumprida”.

Marco Buzzi destacou que o julgamento do STJ não exclui a liberdade de decisão do garoto, quando ele tiver condições de fazê-lo:

— É certo que a própria criança, no futuro, poderá iniciar a discussão quanto sua ida ou não para a França, em caráter provisório ou definitivo, como resultado de seu melhor interesse.

O julgamento desta terça-feira foi relacionado apenas ao recurso da avó brasileira. A expectativa do advogado Gustavo Tepedino é que o caso volte à Justiça devido a outras questões, como a gestão do patrimônio do menino.


Globo Online | 20-Ago-2014 03:35

Advogado criminalista filma jovem que teria praticado furto sendo espancado no Centro do Rio

RIO — Um vídeo, divulgado nesta terça-feira, mostra um jovem sendo brutalmente agredido no Centro do Rio. As cenas foram flagradas pelo advogado criminalista Marco Aurélio Assef na tarde da última sexta-feira. Ele ouviu a gritaria do escritório, no terceiro andar de um prédio na Rua México. Ao ver o que estava acontecendo, decidiu filmar a cena.

— Eu estava na sala quando ouvi muito barulho. Vi o jovem sendo espancado por todos que estavam ali. Apenas duas senhoras tentaram, sem sucesso, evitar a situação — contou.

O jovem agredido teria furtado um celular, quando pedestres que circulavam pela região se juntaram para bater no rapaz, que levou socos e pontapés. Diante da ocorrido, Assef se mostrou indignado. Ele acredita que esse tipo de situação não é boa para um estado democrático.

— Essa é uma mazela que nós vemos rotineiramente no Centro da cidade. É uma ilegalidade que não justifica a outra — afirmou.

O crime ocorreu em frente ao prédio da vice-governadoria e das secretarias de estado. Os crimes não foram registrados na polícia, mas o advogado que flagrou o espancamento pretende ir à delegacia para comunicar o fato.

— É uma questão de Direitos Humanos. Ainda que ele (o jovem) tenha cometido o crime, ele não pode ter esse tratamento — avaliou.

O rapaz espancado ainda não foi identificado. Quanto aos agressores, Assef acredita que a polícia também encontrará dificuldades na identificação, já que no vídeo aparecem cerca de 50 pessoas.


Globo Online | 20-Ago-2014 03:32

Estrada Grajaú-Jacarepaguá, no Rio, é fechada após tiroteio no Lins
Segundo a assessoria das UPPs, criminosos trocaram tiros com PMs. Após confronto, suspeitos incendiaram ônibus e fecharam estrada.
G1.com.br | 20-Ago-2014 03:20

Perseguição policial termina com feridos em Niterói
Segundo a PM, criminosos foram perseguidos após série de roubos. Houve troca de tiros e dois civis foram baleados na praia de Icaraí.
G1.com.br | 20-Ago-2014 03:06

Miriam Leitão relata torturas sofridas durante a ditadura militar

Ao portal 'Observatório da Imprensa', jornalista contou detalhes da prisão. Grávida do primeiro filho, foi deixada nua junto a cobra em quarto escuro.
G1.com.br | 20-Ago-2014 02:50

Instituto de Biologia da UFF, em Niterói, é fechado por risco de desabar

Prédio está com rachaduras e paredes estão cedendo, segundo alunos. Unidade receberá visita de técnicos na quinta-feira (21).
G1.com.br | 20-Ago-2014 01:45

Após tiroteio no Lins, três ônibus são incendiados na Autoestrada Grajaú-Jacarepaguá
PM abre passagem para blindado na Autoestrada Grajaú-Jacarepaguá, que foi bloqueada ao trânsito - Pedro Kirilos / Agência O Globo

RIO - A Autoestrada Grajaú-Jacarepaguá foi reaberta por volta das 3h40m da manhã após ter sido fechada em ambos os sentidos durante cerca de seis horas, depois de três ônibus terem sido incendiados na via na noite de terça-feira. Mais cedo, houve pelo menos dois confrontos entre traficantes e policiais militares da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) do Complexo do Lins. A policia confirmou que um jovem de 18 anos foi baleado durante a troca de tiros. Nas redes sociais, moradores dizem que o clima ainda é tenso na região. Segundo relatos, alguns veículos chegaram a retornar pela contramão, com medo de bala perdida. Bombeiros do quartel do Grajaú foram acionados para controlar as chamas nos veículos.

Para impedir a passagem de veículos, carros da PM se posicionaram no acesso pelo Grajaú da autoestrada. A via foi bloqueada em toda sua extensão. Policiais armados circulam pela via. O caminho só foi aberto para a passagem de dois blindados da PM, que seguiram no sentido Zona Oeste.

Segundo informações da UPP Camarista Méier, o jovem baleado foi identificado como Rômulo Macedo. Ele deu entrada no Hospital do Andarai ferido por um tiro na coxa, porém seu estado não é grave. A polícia ainda está apurando as circustâncias em que o jovem foi atingido.

Policiais armados bloqueiam a Grajaú-Jacarepaguá ao trânsito de veículos - Pedro Kirilos / Agência O Globo

Motoristas devem evitar a região da Autoestrada Grajaú-Jacarepaguá. As melhores opções para quem segue da Zona Norte para a Barra da Tijuca e Jacarepaguá são a Linha Amarela e o Alto da Boa Vista.

DUAS TROCAS DE TIROS EM DUAS HORAS

PMs trocaram tiros com criminosos no Morro do Encontro, por volta de 17h30m. De acordo com a Polícia Militar, os agentes faziam patrulhamento de rotina em uma região de mata, quando cerca de cinco criminosos efetuaram disparos. Os policiais revidaram, mas os bandidos conseguiram fugir.

Cerca de duas horas depois, às 19h30m, outro tiroteio voltou a assustar os moradores. Durante patrulhamento no Morro do Gambá, PMs foram surpreendidos por traficantes e trocaram tiros com o grupo. Após o confronto, os criminosos fugiram pelo acesso ao Morro do Gambá, numa via lateral ao Hospital Naval Marcílio Dias.


Globo Online | 20-Ago-2014 01:33

Azeite e seus mitos ganham destaque no Caminhão Cozinha Show

RIO - O Caminhão Cozinha Show fez sua terceira parada na Barra, na noite desta terça-feira, no pátio do supermercado Extra. A bordo estava o azeitólogo Marcelo Scofano, que falou sobre os benefícios do óleo da azeitona, e fez o passo a passo de uma receita de peixe. As 50 primeiras pessoas que chegaram puderam assistir sentadas e experimentaram o prato.

Scofano desmistificou a utilização do azeite nos métodos de cocção (cozimento). Segundo ele, o azeite de oliva é ancestral, funcional e muito mais saudável que óleo de grãos, manteiga ou margarina, para fritura dos alimentos. Já o azeite extra virgem, que é o sumo de uma fruta absolutamente natural, deve ser usado na finalização dos pratos.

— Todos acham que esquentar o azeite faz mal e eu afirmo que não. Na minha receita frito o peixe empanado na farinha d`água e também os chips de batata doce no azeite de oliva. E finalizo com o pesto de coentro que não vai ao forno misturado com alho e azeite extra virgem — explica Scofano.

Nesta quarta-feira, O Caminhão Cozinha Show estaciona na Praça Saens Pena, na Tijuca. Na quinta é a vez da Cinelândia.

Confira a receita:

Ingredientes:

4 unid. filé de pescada amarela

80 g farinha d’água

2 unid. ovo

1 unid. limão tahiti

40 g farinha de trigo

1 l azeite de oliva

100 ml azeite extravirgem de oliva

1 unid. maço de coentro

1 unid. dente de alho

1 unid. batata doce

Qb sal e pimenta do reino moída na hora

Modo de preparo:

Faça o pesto de coentro com o auxílio do mixer ou do liquidificador, misturando folhas e alguns talos com o azeite extravirgem e o dente de alho. Bata e acrescente o azeite fio a fio até obter um molho homogêneo. Acerte o sal e reserve. Higienize bem a batata doce, corte na mandolina longitudinalmente e frite em imersão no azeite de oliva. Reserve. Tempere os filés com sal, pimenta do reino e azeite. Para empanar, bata bem os ovos e disponha-os em um prato fundo. Coloque em pratos distintos a farinha de trigo e a farinha d’água. Passe os filés temperados nos ovos, na farinha de trigo, mais uma vez nos ovos e finalmente na farinha d ́água. Frite-os no azeite de oliva e repouse-os em papel toalha. Sirva o filé empanado acompanhado do chip de batata doce, colocando-o sobre uma colher do pesto de coentro.

Rende 04 porções.


Globo Online | 20-Ago-2014 01:01

Rio - 20h: Vias da Zona Portuária têm trânsito intenso
Avenida Francisco Bicalho estava ruim no sentido Cidade Nova. Gasômetro tinha trânsito carregado nos dois sentidos.
G1.com.br | 20-Ago-2014 00:59

Justiça fixa em R$ 500 mil indenização a doméstica agredida na Barra da Tijuca em 2007
Agredida em 2007, a doméstica Sirlei Dias de Carvalho Pinto deve receber R$ 500 mil como valor da indenização por danos morais - Guilherme Pinto / Agência O Globo (26/06/2007)

RIO — Passados sete anos da agressão sofrida pela doméstica Sirlei Dias de Carvalho Pinto num ponto de ônibus na Barra da Tijuca, a Justiça fixou em R$ 500 mil o valor da indenização por danos morais que ela deverá receber dos cinco jovens responsáveis pelo crime, como informou, nesta terça-feira, Ancelmo Gois em sua coluna. A decisão, em segunda instância, é da 3ª Câmara Cível e foi assinada em maio deste ano pelo relator do processo, o desembargador Fernando Foch. Cada um dos réus deverá pagar R$ 100 mil à vítima.

Dois dos condenados recorreram da decisão na segunda-feira. Os recursos serão apreciado pela terceira vice-presidente do Tribunal de Justiça do Rio, a desembargadora Nilza Bitar. Ela vai decidir se é admissível levar o caso ao Superior Tribunal de Justiça (STJ). Mesmo se sua decisão for contrária, os réus podem apresentar um novo recurso, diretamente ao STJ.

Sirlei foi espancada e roubada quando aguardava um ônibus que a levaria para casa, em junho de 2007. Em juízo, os agressores disseram que a confundiram com uma prostituta. Os cinco jovens foram condenados no ano seguinte, por roubo e agressão.

Nesta terça-feira, Sirlei elogiou a decisão judicial, mas disse que já esperava recursos. Ela afirmou não ter pressa de receber uma indenização, que, quando sair, será investida na educação de seu filho, de 10 anos.

— Esperei quatro anos depois que eles recorreram da primeira vez e posso aguardar o tempo que for necessário. A Justiça tarda, mas não falha. Quando receber o dinheiro, terei condições de construir um futuro digno para meu filho — disse Sirlei, hoje com 39 anos.

Ela vive com o menino em Bonsucesso e recebe um salário mínimo do INSS por incapacidade para o trabalho.

— Ainda tenho uma luxação no pulso direito, provocada pelo espancamento. Ia fazer uma cirurgia, mas, em três ocasiões, tive de adiá-la devido a outros problemas de saúde — contou Sirlei.


Globo Online | 20-Ago-2014 00:50

Rio - 19h45: Acidente bloqueia faixa da Avenida das Américas
Três carros bateram na altura de Guaratiba. Motoristas enfrentavam lentidão no sentido Santa Cruz.
G1.com.br | 20-Ago-2014 00:46

Homem é preso suspeito de esfaquear enteada no RJ
Jaime Pereira de Mello teria desferido duas facadas na adolescente. Ele foi indiciado por homicídio qualificado por motivo fútil.
G1.com.br | 20-Ago-2014 00:42

Tiroteio assusta moradores do Morro do Encontro, no Lins, Subúrbio do Rio
Policiais da UPP trocaram tiros com supostos traficantes no fim da tarde. Até as 19h30 PM não tinha informação sobre feridos na comunidade.
G1.com.br | 20-Ago-2014 00:40

Rio - 19h15: Colisão interdita faixa da Avenida Brasil, na Zona Oeste
Cinco carros bateram na altura de Santíssimo. Motoristas enfrentavam lentidão no sentido Centro.
G1.com.br | 20-Ago-2014 00:16

Defensoria quer que Into, no Rio, opere 14 mil pessoas da fila de espera
Relatório mostra que o Instituto tem 14.077 na fila de espera por cirurgia. Vice-diretor do Into diz que é possível zerar essa fila em até dois anos.
G1.com.br | 20-Ago-2014 00:13

RJTV entrevista o candidato ao governo do RJ Lindberg Farias
Garotinho e Crivella serão os próximos, segundo sorteio. Luiz Fernando Pezão foi o entrevistado desta segunda.
G1.com.br | 20-Ago-2014 00:10

Dupla presa pela morte do cinegrafista Santiago Andrade em fevereiro vai a júri popular
Fábio Raposo (esq.) e Caio Silva de Souza (dir.) - Agência O Globo

RIO - Caio Silva de Souza e Fábio Raposo, acusados de envolvimento direto na morte do cinegrafista da TV Bandeirantes Santiago Andrade, ocorrida em fevereiro deste ano durante um protesto no Centro, irão a júri popular. A decisão foi tomada nesta terça-feira pelo juiz Murilo Kieling, do 3º Tribunal do Júri. Na sentença, o juiz decidiu manter os réus presos. Segundo o Tribunal de Justiça do Rio, a data do julgamento será marcada somente após a apreciação de eventuais recursos impetrados pela defesa dos dois jovens.

A denúncia do Ministério Público estadual contra Caio Silva de Souza e Fábio Raposo foi aceita pela Justiça no dia 20 de fevereiro. A promotoria sustenta que, ao manipular e acender o rojão que atingiu a cabeça de Santiago Andrade, a dupla assumiu o risco de provocar uma morte durante o protesto. Eles responderão por homicídio triplamente qualificado — motivo torpe, impossibilidade de defesa da vítima e uso de explosivo.

Em maio, Fábio e Caio optaram por ficar em silêncio na audiência de instrução do caso. Um mês antes, a defesa chegou a pedir a revogação da prisão preventiva dos acusados, mas o juiz Murilo Kieling rejeitou a solicitação. A Justiça já havia negado dois pedidos de habeas corpus para os jovens.

Cinegrafista é cercado pelo fogo do explosivo: artefato foi atirado durante protesto no Centro - Agência O Globo

Santiago Andrade foi atingido pelo explosivo enquanto registrava cenas de uma violenta manifestação no Centro, em 6 de fevereiro. Hospitalizado em estado grave, o cinegrafista, que sofreu fratura do crânio e laceração encefálica, morreu quatro dias depois.

Fábio Raposo foi preso em 9 de fevereiro, no Recreio dos Bandeirantes, e Caio de Souza, encontrado três dias depois numa pousada em Feira de Santana, na Bahia. Ambos estão presos no complexo penitenciário de Gericinó.


Globo Online | 20-Ago-2014 00:08

Acusados pela morte de cinegrafista durante manifestação vão a júri popular

RIO - Os dois jovens acusados de envolvimento na morte do cinegrafista Santiago Andrade, em fevereiro, Caio Silva de Souza e Fábio Raposo, irão a júri popular, de acordo com informações do RJTV 2ª edição. A decisão foi tomada pelo juiz Murilo Kieling, do 3° Tribunal do Júri. A data do julgamento ainda não foi definida.

A dupla responde por homicídio triplamente qualificado - motivo torpe, impossibilidade de defesa da vítima e uso de explosivo. Em maio, eles optaram por ficar em silêncio durante a audiência de instrução do caso. Em abril, o juiz Murilo Kieling nevou a revogação da prisão preventiva pedida pela defesa.

Santiago Andrade foi atingido por um explosivo durante a cobertura de uma manifestação no Centro do Rio, no último dia 6 de fevereiro. Quatro dias depois, o cinegrafista teve morte encefálica diagnosticada.


Globo Online | 20-Ago-2014 00:08

Rio - 19h: Autoestrada Lagoa-Barra tem lentidão no sentido Zona Oeste
Motoristas enfrentam retenções a partir do Fashion Mall. Em direção à Zona Sul, o tráfego fluía sem retenções.
G1.com.br | 20-Ago-2014 00:07

Rio - 18h50: Acidente ocupa faixas da Linha Vermelha, na Ilha
Acidente com moto ocorreu na altura da Infraero. Motoristas enfrentavam retenções nos dois sentidos.
G1.com.br | 20-Ago-2014 00:00

Acusados pela morte de cinegrafista vão a júri popular no Rio

Dupla responde por homicídio triplamente qualificado. Data do julgamento ainda não foi definida.
G1.com.br | 19-Ago-2014 23:47

Rio - 17h40: Avenida Min. Ivan Lins tem lentidão no sentido São Conrado
Ponte da Joatinga tinha tráfego carregado em direção ao Recreio. Trânsito na Avenida Armando Lombardi fluía normalmente.
G1.com.br | 19-Ago-2014 22:44

Cobrador de ônibus acha e devolve a carteira de turista gaúcho com R$ 1.200
Dirceu Augusto dos Passos, à esquerda, agradece ao trocador Ubirajara Oliveira, que devolveu sua carteira - Gustavo Miranda

RIO - O engenheiro gaúcho Dirceu Augusto dos Passos interrompeu seu passeio pela nesta terça-feira para reencontrar e conhecer melhor o cobrador de ônibus Ubirajara Moreira de Oliveira. É que, no último domingo, o turista perdeu sua carteira num ônibus da linha 512 (Urca-Leblon), da empresa São Silvestre, como adiantou Ancelmo Gois, em seu blog. Quando chegou ao hotel, no Leblon, onde está hospedado, Passos imediatamente cancelou seus cartões de crédito. Porém, duas horas depois, recebeu uma visita inesperada. Da portaria, avisaram que um homem queria encontrá-lo com urgência.

— Para minha surpresa, era o cobrador do ônibus que tinha me ajudado, mostrando para mim e minha esposa o ponto que deveríamos descer. O melhor: estava com a minha carteira. Só que mal consegui agradecê-lo, pois, logo que a me entregou, saiu correndo — recorda o engenheiro, que foi ao ponto final de uma das linhas da empresa só para poder agradecer com mais calma ao cobrador, que estava lá fazendo treinamento para motorista.

Além dos cartões de crédito e documentos, Passos também recuperou os R$ 1.200 que tinha na carteira.

— Sai rápido do hotel porque tinha certeza de que ele iria me oferecer algum tipo de bonificação, e eu não queria. Só fiz o que é correto. O ditado “achado não é roubado” não faz parte de meus valores. Tenho dois filhos que são motoboys e sempre ensinei a eles que nunca devemos nos apropriar do que não é nosso. Na verdade, acho que minha atitude não deveria ser notícia. Teria que ser uma prática comum de todos — disse o cobrador.

Até encontrar o dono da carteira, Oliveira esteve em dois hotéis do Leblon perto do ponto em que os turistas tinham descido. Como não conseguiu encontrar, resolveu abrir a carteira para tentar descobrir alguma pista. E encontrou.

— Só abri a carteira porque não tinha mais o que fazer. Meu turno já tinha acabado, mas ainda teria que ir à Central do Brasil prestar contas para a empresa e, só depois, ir para casa. Por sorte, achei um cartão do hotel onde eles estão hospedados e fui até lá — lembra o cobrador, que atrasou em duas horas sua volta para casa, na Ilha do Governador.

Ex-mecânico de automóvel, Oliveira está trabalhando como cobrador há menos de dois meses. Ele recorda que esta não foi a primeira vez em que encontrou algo e saiu à procura do dono:

— Já encontrei carteira em carros que consertava com valores altos em dinheiro e em cheques, mas nunca pensei em agir diferente. Sempre fui em busca do proprietário.

Apaixonada pelo Rio, a mulher do engenheiro, a gaúcha Fátima Marisa dos Passos, conta que desde 1982 visita a cidade anualmente, mas que esta viagem jamais será esquecida.

— Fico muito feliz quando me deparo com pessoas de boa índole. Nunca esquecerei desta viagem e muito menos do exemplo de pessoa do bem que conhecemos aqui. Passei a gostar ainda mais do Rio — comemora a gaúcha.

A psicóloga da empresa São Silvestre, Deborah Marins, elogiou o gesto do funcionário:

— Este tipo de atitude reforça todo o nosso processo de treinamento, tornando-se um bom exemplo para todos os profissionais da empresa, e até mesmo do setor. A conduta exemplar dele pode ser utilizada de forma mais específica em treinamentos futuros, para mostrar a importância de se agir sempre de forma correta.


Globo Online | 19-Ago-2014 22:35

Rio - 17h35: Linha Vermelha tem retenções nos dois sentidos
Quem seguia para a Baixada enfrentava lentidão entre o Caju e a Infraero. Em direção ao Centro, o trânsito tinha retenções do Fundão até a Maré.
G1.com.br | 19-Ago-2014 22:34

Rio - 17h30: Avenida Brasil tem retenções nos dois sentidos
Em direção à Zona Oeste havia retenções no Caju e em Manguinhos. No sentido Centro, o trânsito estava carregado entre Penha e Bonsucesso.
G1.com.br | 19-Ago-2014 22:32

Agente penitenciário troca tiros com ladrões em 'saidinha de banco' na Barra

RIO - Um tiroteio na Avenida das Américas, altura do número 3333, na Barra da Tijuca, assustou quem passava pelo local por volta das 15h30m desta terça-feira. De acordo com a assessoria da PM, um homem, que seria agente do Departamento do Sistema Penitenciário (Desipe) tinha acabado de fazer um depósito em uma agência bancária, próximo ao Barra Garden, quando foi abordado por criminosos e reagiu. Houve breve troca de tiros. Os bandidos fugiram.

O agente, identificado como Maurício Quirino de Souza, de 34 anos, foi atingido de raspão no cotovelo e encaminhado para o Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra. Segundo a Secretaria municipal de Saúde, ele passa bem e deve ser liberado ainda nesta terça-feira. A vítima é inspetor de Segurança e Administração Penitenciária lotado na Cadeia Pública José Frederico Marques, no Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu.

Policiais militares do 31º BPM (Barra da Tijuca) realizam buscas na região. De acordo com funcionários do banco, houve desespero entre os clientes, mas ninguém ficou ferido. A agência permaneceu funcionando normalmente, após o confronto.

INSEGURANÇA PREOCUPA MORADORES DA ZONA SUL

Há um mês, Maria Cristina Bettencourt Mascarenhas, a Tintim, sócia do restaurante Guimas, foi morta numa tentativa de assalto, na Gávea, Zona Sul. Tintim foi assassinada após sair de uma agência bancária no bairro. Ela teria sido seguida pelos bandidos e foi rendida na Praça Santos Dumont. Segundo testemunhas, ela reagiu, e os bandidos atiraram. O caso provocou uma forte comoção entre os moradores da região, que reclamam da falta de segurança no bairro.


Globo Online | 19-Ago-2014 21:36

Homem é baleado após saidinha de banco na Barra da Tijuca
Maurício Souza é inspetor de Segurança e Administração Penitenciária. De acordo com a PM, houve troca de tiros.
G1.com.br | 19-Ago-2014 21:32

Rio - 16h25: Colisão bloqueia faixas da Avenida Presidente Vargas
Moto e ônibus bateram na altura da Biblioteca Parque. Trânsito estava lento no sentido Praça da Bandeira.
G1.com.br | 19-Ago-2014 21:26

'Quem nunca foi assaltado no Rio?', diz cunhada de engenheiro morto

Marcelo Guimarães foi assassinado em tentativa de assalto na segunda- feira. Crime aconteceu pela manhã, após engenheiro deixar filhas na escola.
G1.com.br | 19-Ago-2014 21:25

Rio - 16h10: Principais vias do Centro têm trânsito intenso
Avenida Presidente Vargas fluía sem retenções. Avenida Rio Branco tinha retenções no sentido Aterro.
G1.com.br | 19-Ago-2014 21:16

Menor é apreendido por matar sogro após fim de namoro no RJ
Adolescente de 15 anos era usuário de drogas, diz a Polícia Civil. Jovem voltou e esfaqueou o sogro na madrugada desta terça-feira.
G1.com.br | 19-Ago-2014 21:11

Carro invade calçada após ser atingido por ônibus na Vila da Penha e deixa duas mulheres feridas

RIO — Um acidente entre carro e ônibus assustou pedestres que transitavam pela calçada da Avenida Brás de Pina, na Vila da Penha, Zona Norte da cidade, na tarde desta terça-feira. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o coletivo bateu no outro veículo, que acabou atropelando duas mulheres na calçada. As vítimas foram identificadas como Uiara A. Matos, de 49 anos, e Maria P. Barbosa, de 74 anos. Ambas foram encaminhadas para o Hospita Estadual Getúlio Vargas, na Penha Circular. Segundo informações da Secretaria de Estado de Saúde, Uiara A. Matos foi medicada e já recebeu alta. Já Maria P. Barbosa apresenta estado de saúde estável.

Após o acidente, de acordo com fotos que circulam em redes sociais, o carro teria invadido a entrada de uma loja no local. O atendimento às duas vítimas foi realizado pelos bombeiros do quartel da Penha.

O acidente aconteceu no sentido Avenida Brasil da Avenida Brás de Pina, na altura do Largo do Bicão. Não houve interdição de vias, de acordo com o Centro de Operações da prefeitura: ambos os veículos ficaram na calçada. Houve transtornos, porém, para passageiros que desembarcaram de ônibus no local, já que eles precisaram descer dos coletivos no canto da via. Agentes da CET-Rio orientaram o trânsito de veículos. Por volta das 19h, o tráfego ainda apresentava pontos de lentidão no trecho.

Acidente entre ônibus e moto deixa um ferido no Centro

Um motociclista ficou ferido após se envolver em um acidente com um ônibus, na Avenida Presidente Vargas, no Centro do Rio. De acordo com o Corpo de Bombeiros, a vítima foi identificada como Márcio Pedro. A idade dele, no entanto, não foi divulgada. Ele foi encaminhado ao Hospital Municipal Souza Aguiar, também no Centro, mas ainda não há informações sobre o estado de saúde dele.

O acidente ocorreu no sentido Praça da Bandeira, na altura da Rua Visconde da Gávea, e chegou a interditar a pista lateral por cerca de 30 minutos, obrigando motoristas a desviarem pela pista central. O trânsito ficou congestionado na região. Por volta de 17h15m, o trânsito seguia apenas intenso no trecho.


Globo Online | 19-Ago-2014 20:58

Feijão preto para o risoto à moda carioca no Caminhão Cozinha Show

RIO - Em sua segunda parada pela cidade, o Caminhão Cozinha Show estacionou nesta terça-feira, ao meio-dia, em pleno Largo do Carioca. No comando do fogão sobre rodas estava o chef italiano Paolo Lavezzini, do Fasano Al Mare, que ensinou como fazer um risoto típico de sua terra, mas com um ingrediente carioquíssimo: o feijão preto. A aula aconteceu bem na hora do almoço, no agitado Centro. As 50 primeiras pessoas que chegaram puderam assistir sentadas e experimentar a receita. Ainda tiraram dúvidas e fotos com o chef tímido, mas cheio de simpatia.

Segundo o expert, é possível utilizar os ingredientes disponíveis na geladeira e fazer uma porção individual a R$ 5.

— Toda mulher gosta de requeijão, mas o Catupiry é mais caro. Quando a cebola “cantar” e que já está pronta. Sempre faço o caldo e não compro pronto. Feijão preto não gosto de fazer na panela de pressão, costumo deixar o feijão dentro da água e na geladeira, por 12 horas para cozinhar no dia seguinte. E sempre coloco azeite no risoto que é um prato italiano — deu as dicas Lavezzini.

Dois alunos perguntaram sobre tirar a espuma do feijão e ele respondeu que sim, sempre. Todo o público presente elogiou o grão do feijão preto no risoto e o toque final das raspas de limão caramelizada. Mais tarde o caminhão atravessa a cidade, até a Barra e o azeitólogo Marcelo Scofano vai ensinar um peixe com azeite, às 19 h, no Supermercado Extra Barra.

Confira a receita do chef Paolo Lavezzini:

Ingredientes:

300 g arroz carnaroli

50 g feijão preto cozido de Minas Gerais

50 g mix de folhas frescas orgânicas

50 g Catupiry

2 limões verdes

1 cebola média picada

2 unid. peito de frango caipira e sem pele

2 colheres (café) de açúcar refinado

1 taça vinho branco

Azeite extravirgem

Sal

Pimenta do reino branca

MODO DE PREPARO:

Descasque os limões, corte a casca em tirinhas bem finas (corte julienne) e faça um suco dos limões. Cozinhe as cascas cortadas em tirinhas na água por 5 minutos. Adicione em uma panela o suco, o açúcar e as cascas cozidas, e deixe cozinhar devagar em fogo baixo até cristalizar. Tempere com sal e pimenta. (a casca tem que estar bem cozida, com um aspecto cristalizado, com um sabor ácido e com um leve toque amargo). Refogue o arroz com o azeite em uma panela, e deglaçe com o vinho branco. Reserve por alguns minutos.

Em uma frigideira bem quente, adicione um fio de azeite e sele os peitos de frango até estarem uniformemente dourados. Na mesma frigideira em que os peitos de frango foram selados, refogue a cebola picada até que estejam bem douradas. Jogue água para obter um caldo para o cozimento do arroz. Volte com a panela de arroz para o fogo, e aos poucos adicione o caldo quente. Mexendo sempre até que o arroz esteja cozido. Coloque os peitos de frango selados no forno à 180 graus por dois minutos. Misture o arroz com o Catupiry, à salada desfolhada e já higienizada, e o feijão preto cozido. Para obtermos a consistência que queremos, adicione mais caldo. Retire os peitos de frango do forno e corte em fatias. Sirva em um prato fundo posicionando as fatias de frango em cima do risoto, ao lado direito, alguns tufos de Catupiry, e para finalizar, algumas tirinhas da casca de limão em cima do frango e do risoto. Rende 04 porções.


Globo Online | 19-Ago-2014 20:38

'Justiça não parou', diz doméstica sobre indenização por agressão

Sirlei Dias foi agredida enquanto aguardava o ônibus na Barra, em 2007. 'Importante é que a Justiça não cruzou os braços', afirmou.
G1.com.br | 19-Ago-2014 20:35

Horário eleitoral começa nesta terça; veja o tempo dos candidatos do RJ
Atual governador, Pezão (PMDB) terá maior tempo com 8m57s, diz TRE. Ney Nunes (PCB) será o primeiro a falar no rádio e TV.
G1.com.br | 19-Ago-2014 20:28

Engenheiro morto em tentativa de assalto é velado no Rio

Parentes e amigos compareceram à cerimônia no Cemitério do Caju. Marcelo Gonçalves foi atingido por um tiro no bairro do Rocha, no Subúrbio.
G1.com.br | 19-Ago-2014 20:08

Advogado filma agressão a suspeito no Rio e critica: 'estamos regredindo'
Caso aconteceu na sexta-feira (15), próximo à Rua México, no Centro. Polícias Civil e Militar não registraram ocorrência.
G1.com.br | 19-Ago-2014 19:52